Saindo da rotina do Casamento - Contos Eróticos | rechka-yar.ru

Saindo da rotina do Casamento

Eu ficava com uma menina loirinha muito simpática e gostosinha, ela usava aparelho e era bem magrinha, me excitava muito o jeitinho dela. Mas nunca fomos aos finalmente, eu era louco para sentir o gosto daquela bucetinha, porém por ironias do destino não rolou.
Ela se casou e eu tbm, passaram-se os anos e comecei a segui-la nas redes sociais e ela só ficando mais linda, se transformou em um mulherão da porra, com um sorriso maravilhoso, corpo cheio de curvas, as coxas engrossaram, bumbum cresceu e sempre muito elegante.
Consegui uma brecha para puxar assunto, ela foi super simpática e eu comecei a relembrar os velhos tempos em nossa conversa.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Ela deu assunto, o papo foi ficando quente e vi que não era somente eu que tinha ficado na vontade. Ela me disse que estava cansada da rotina de seu casamento. Após isso rolou muito outros papos e notamos que nossa sintonia continuava incrível. Era conversar com ela e eu ficar de pau duro, afinal a conversa sempre acabava em sacanagem.

Eu estava louco para sentir aquela mulher maravilhosa, só que perdi minha carta de motorista, estava sem carro e para variar ela morava do outro lado da cidade.

Ela tinha carro porém recente de carta tinha medo de ir para longe, pois ninguém poderia ficar sabendo da nossa aventura sexual.
Até que rolou o dia que convenci ela a vir me visitar, para apimentar mais, pedi para ela vir sem calcinha.
Ela veio me buscar, era algo novo para mim ser o passageiro, isso me dava mais tesão.

Aquela loira maravilhosa dona de um sorriso deslumbrante chegou, abri a porta e ela estava com um vestido preto, batom vermelhos e sua maquiagem perfeita. Ao ver ela meu pau ja se endurecia, só de imaginar que ela poderia estar sem calcinha.
Entrei no carro e ja lhe tasquei um beijo com toda a vontade que aqueles 10 anos sem à ver me deu, um beijo intenso sentindo aquela língua deliciosa em minha boca. Minha mão boba já foi verificar a existência da calcinha e para minha surpresa, a safada estava realmente sem.

Apesar de estar explodindo de tesão, parei de beija-la, pois ela tinha dito que queria algo diferente, afinal o normal ela tinha dentro de casa.
Sei que ela estava louca para sentir meu pau dentro dela, mas sugeri que fôssemos comer algo. Nesse ponto estava dificil esconder meu pau duro dentro da calça, porém fomos a um restaurante, pedimos a comida e coloquei a mão dela em cima do meu pau para ela sentir o volume que ele estava fazendo sobre a calça, ela não conseguia disfarçar o olhar de tesão, era isso que eu queria.
Comecei a passar a mão levemente em sua coxa e brincar com a bordinha do vestido, ela ja respirava ofegante, fui subindo a mão por debaixo do vestido até chegar em sua bucetinha, ela estava tão molhada que quase escorria de tesão, lambuzei um poquinho o meu dedo e coloquei na minha boca desfarçadamente, estava louco para sentir o gosto dela.

Chegaram os pratos que pedimos, tentamos comer, mas no final eu queria é sexo, a comida mal me descia e eu via em seu rosto ruborizado que a minha vontade era a mesma dela. Tomamos as bebidas e ficou boa parte da comida lá, pagamos a conta, ela me puxou para ir embora.

Dentro do carro ela começou a me atacar, eu fiz ela parar e seguir em direção ao motel, no caminho fui brincando com meus dedos entre suas coxas, ela mal conseguia dirigir e já gemia ao volante.

Chegando ao motel, ela estacionou o carro rapidamente na suíte e fechou a garagem. Eu a puxei para fora e botei-a de quatro em cima do capô do carro, levantei o seu vestido e apreciei aquela bunda maravilhosa, bem redondinha e grande de pele bem macia.
Desci minhas calças e enfiei minha rola naquela ppk quente e molhada, puxando aqueles lindos cabelos loiros e metia com força. Ela urrava de prazer, porém aguentei pouquissimo tempo e ja gozei muito forte, aquela situação estava levando meu prazer ao máximo.
Puxei ela para o quarto e como um animal a joguei na cama e tirei o seu vestido, aquele corpo era lindo, cheio de curvas, seios no tamanho exato para a boca, coxas grossas maravilhosas, era uma obra de arte aquela mulher nua.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Comecei a beija-la e ela me retribuiu loucamente, a virei, me veio aquela costa lisinha e aquele bumbum lindo empinadinho me chamando. Comecei a morder as costas dela de um jeito que a fazia gemer baixinho e respirar rápido, beijei o seu pescoço, a sua orelha, comecei a descer, ela empinou a bunda implorando para eu a chupar porém em desci mais ainda e fui brincar com a parte de trás de suas coxas. Até que subi mais um pouquinho e meti a língua naquele cuzinho lindo, com muita vontade, ela ficou todinha arrepiada.
Virei ela de frente e abri suas pernas, aquela buceta molhada era linda e super lisinha, o que eu mais queria era sentir o gosto daquela delicia, comecei a beijar suas coxas por dentro, fiquei beijando em volta dela, enfim enfiei a lingua bem fundo em sua buceta, ela estava muito molhada a ponto de lambuzar minha cara era muito gostosa.

Comecei a chupar o seu clitoris bem lentamente e com a lingua bem mole, nesse ponto ela segurou em minha cabeça e me guiava por sua buceta deliciosa, fui aumentando o ritmo, ela gemia loucamente e rebolava em minha boca, coloquei meu dedo em sua buceta, fui brincando junto com minha língua, até que ela gozou muito forte, eu sentia a sua bucetinha pulsar em meus dedos enquanto ela se contorcia.

Ela levantou me olhou com um olhar felino, me jogou em cima da cama, pulou em cima de mim como se fosse me devorar, desceu até meu pau, segurou ele com as mãos e começou a chupar minhas bolas me fazendo delirar, subiu para o meu pau que nessa hora estava pulsando, cheio de veias e com a cabeça brilhando de tanto tesão, começou a me chupar loucamente com toda a vontade acumulada, ela fazia um oral maravilhoso e bem molhado, eu não estava me aguentando, quase enchendo sua boca de porra , me segurei, virei ela na cama e meti meu pau em sua bucetinha apertada, bem devagarinho para ela sentir cada pedacinho meu dentro dela.

Fui aumentando o ritmo, peguei ela pelo pescoço e comecei a estocar nela com força, estavamos em delirio e suados de tanto prazer, eu dominando aquela mulher maravilhosa e cheia de tesão. Peguei sua mão e fiz ela acariciar sua buceta enquanto eu enfiava meu pau nela até ela gozar, era lindo ver ela urrar e se tremer todinha de prazer em seu orgasmo.

Virei ela de 4 e vi novamente aquela bunda maravilhosa, ja meti a lingua da buceta até seu cuzinho, levantei e enfiei meu pau nela, comecei a meter com mais força enquanto enfiava meu dedão naquele cuzinho empinado, ela louca de prazer pediu palmadas, dei belos tapas naquela bunda enquanto ela gemia, voltei meu dedo em seu cuzinho e ela gozou novamente mais intenso do que antes, eu já não aguentava mais em ver ela sentindo tanto prazer. Meu prazer foi ao ápice, falei que ia gozar, ela se virou rapidamente pediu para eu gozar eu seus peitos, ao ver aquele olhar com aquele sorriso danado não aguentei, meu pau jorrou em seus seios escorrendo até seu umbigo, ela começou a chupar meu pau novamente, mesmo lambuzada ela queria mais.

Eu também queria, fomos para o chuveiro, nos pegavamos loucamente, virei ela de costa, ela empinou a bunda e eu botei meu pau que já estava duro novamente dentro dela, aquele sexo no chuveiro estava delicioso, mas nos banhamos e a joguei novamente na cama e começamos novamente, não existe homem que aguentaria olhar aquele corpo nu sem se excitar.
Até que ela pede para olhar no relógio, temos que ir embora, deu nosso horário. Eu quero é gozar, não vou parar assim, mas ela usa da razão temos que parar.

Infelizmente nos trocamos, eu vou de pau duro para casa, enquanto ela pinga de tesão, mas temos que voltar para rotina dos nossos lares.
Agora ficam as recordações, o sabor e a vontade de uma próxima vez.

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Um comentário

  1. Tassula Cristiane de Souza dos Santos

    Eu amei este conto, adoraria encontrar alguém assim…..

Deixe um Comentário. (Proibido divulgar Whatsapp ou emails)

Seu endereço de e-mail nao será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*


Online porn video at mobile phone


transei com minha sogracotos eroticotop contos eroticosesposas muito putascontos de sexo analcontod eroticocontos lésbicos eróticoscontos de incesto gratiscontos eróticos reaiscontos traicaodei para o amigo do meu maridocontos erot icoscontos eroticisdei meu cucontos eroticos de empregadacontos eroticos ultimos contoscontos erotcoscontos eróticos de lésbicascontos de incesto realconto comi minha tiaconto erótico swingcontos eroticos de empregadacontos eroticos bem dotadocontos de insestosouvir conto eroticocorno conto eroticocontos eroticos traindo o maridocontos eroticos incertoscontos eroticos masturbacaocontos eroticos hospitalcontos de mulher casadacomi o cu da minha mãecontos porno analrelatos eróticos reaisesposa contocontos eroticos mae do amigocontos eroticos tufosrelatos de incestoscontos eroticos traicao cornoconto erotico na praiablog contos eroticoscontis eriticoscontos erotico de incestoouvir conto eroticocontos eroticos mamaecontos eroticos lésbicocontos eroticos de tia e sobrinhocontos eroticos lesbiscoscontos eróticos a trêsconto erotico traicaocontos eriticoscontos heróticoscontos +18contos eroticos padrasto e enteadacontos eorticosconto corno mansocontos eróticos no carrocontos eróticoslésbicascontos eróticos lesbicacontos de fetichecontos cunhadinhaultimos contos eroticos gayscasadocontoseroticoscontos lesbicos tumblrcontos erosconto erotico de novinhaconto erotico tia e sobrinhocontos de sexo cornoconto eroticos lesbicoscontos eroticos 9contos eroticos de velhoscontos de tiascontos eroticos comi minha tiacontos eroticos com negaocontos eroticos carnavalcontos eroticos travestisnovos contos eroticostumblr +18 contoscontos eroticos anaiscontos de mulheres casadasrelatos e contos eroticosdei a bundinhacontos.erocontos eroticos entre amigoscontos de cunhadascontos eroticosdcontos eróticos de casaiscontos eróticos internetcontos de marido cornoevangelicas safadascontos eroticos de putascontos esposa putacontos eroticos vizinhocontos eroticos adolecentesesposas muito putascontos de traicaocasos eroticoscontos eróticos blog